ODUS

 

     Diz-se que, nos primórdios dos tempos, não existia separação entre o céu e a terra (ORUM-AIYÉ) e que havia uma convivência íntima entre os Òrìṣàs e os seres humanos;  todos podiam ir ao ÓRUM e voltar quando desejasse, porém um certo dia, o homem desonrou seu compromisso com ÓLORUM, pecou contra o supremo ao tocar o que não podia ser tocado. Assim o mesmo dividiu o céu e a terra e o privilégio da livre comunicação desapareceu em troca de diferentes formas oraculares estabelecidas e legadas por Òrúnmìlà.

 

     A palavra odu vem da língua yoruba e significa DESTINO. Cada Homem (Ser) possui o seu destino, hora com passagem que se assemelham a de outros mas sempre com alguma particularidade. Isso é melhor compreendido com o estudo do Odu, pois odu é o destino de cada um.

"Os Odu Ifa é a forma poética na qual Òrúnmìlà encontra para nos ensinar a passar através de todas adversidades da vida, de forma mais sutil."

©2009 por Templo Ègbé Ifá Ire Gbogbo